Clínica‎ > ‎Notícias‎ > ‎

Esclareça as dúvidas mais comuns sobre lipoaspiração, a cirurgia estética mais realizada no mundo

Podendo desfilar nas ruas sem se preocupar com aquelas gordurinhas indesejadas que saltam para fora da calça. Segundo Dr. Marco Cassol, cirurgião plástico, a primeira recomendação para quem alcançar a barriguinha dos sonhos, é necessário, primeiramente, submeter-se a uma dieta alimentar acompanhado de exercícios físicos diários e, se possível, freqüentar a academia.

No caso da gordura permanecer no local, é indicada a Lipoaspiração. Mas vale lembrar que: as pessoas devem procurar cirurgiões capacitados, devidamente credenciados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, que ofereçam condições de realizar a cirurgia com segurança e obter os melhores resultados estéticos possíveis, explica o cirurgião.

Em muitos casos, os pacientes que não obtiveram os resultados desejados, a indicação é a cirurgia plástica no Abdome, que é um procedimento mais definitivo.

Porém mesmo depois de realizado os procedimentos indicados é necessário manter a dieta alimentar juntamente com a prática diária de atividades físicas. Aliados poderosos para a manutenção de uma silhueta sarada.


ESCLAREÇA AS DÚVIDAS MAIS COMUNS SOBRE LIPOASPIRAÇÃO,

CIRURGIA ESTÉTICA MAIS REALIZADA NO MUNDO

A Lipoaspiração é o método mais rápido e efetivo de retirar as gorduras localizadas. Com ela é possível esculpir o corpo, realizando a lipoescultura, que consiste em retirar a gordura de algumas áreas (abdome, costas, culotes e coxas), colocando em outras (nádegas, retrações naturais, depressões de celulite).

“Trata-se de um procedimento muito seguro, desde que se obedeça aos preceitos médicos de segurança e que seja realizada corretamente. Oferece resultados rápidos, remodelação corporal definitiva e cicatrizes praticamente imperceptíveis”, comenta o cirurgião plástico Marco Cassol.

Contudo, de acordo com as técnicas empregadas, pode-se apresentar sangramento elevado, manchas roxas no pós-operatório e possíveis ondulações na superfície da pele. Vários métodos têm sido estudados para diminuir estes efeitos colaterais, como a lipoaspiração ultra-sônica, a técnica tumescente e a vibrolipoaspiração.

Quem pode fazer lipoaspiração?

A indicação da lipoaspiração é a primeira e uma das etapas mais importantes para se obter bons resultados. “Somente através de uma correta avaliação é que podemos decidir se devemos ou não realizar a cirurgia”, alerta o especialista.

A melhor indicação da lipoaspiração é o paciente que apresenta gordura localizada e que está dentro da sua faixa normal ou um pouco acima do seu peso. Pessoas com sobrepeso também podem realizar o procedimento, mas a lipoaspiração não está indicada para o tratamento da obesidade.

Os locais de maior quantidade de gordura no corpo e alvos principais da lipoaspiração são a região do abdome, costas, flancos, nádegas e coxas. Outras áreas menos freqüentes, que também podem ser lipoaspiradas são: as regiões do queixo, axilas, braços, joelhos, pernas e nuca.

É importante procurar cirurgiões que sejam capacitados, devidamente credenciados pelas Sociedades Médicas, na plastica, sociedade brasileira de cirurgia plastica, que ofereçam condições de realizar a cirurgia com segurança e obter os melhores resultados estéticos possíveis.


Dr. Marco Cassol aponta alguns tópicos primordiais para que a cirurgia transcorra normalmente:


- Avaliação do paciente pelo exame físico, laboratorial e exame funcional;

- Avaliação da extensão a ser lipoaspirada (item de suma importância para não exceder o limite de tolerância e de capacidade de recuperação do corpo);

- Tomar todos os cuidados rotineiros de preparo pré-operatório, intra-operatório e pós-operatório;

- Definir a melhor técnica operatória;

- No caso de lipo-injeção (lipoescultura) tomar cuidados técnicos;

- Desencorajar a mega lipoaspiração.

Comments