O cigarro também afeta a pele

Em cirurgia plástica não há como ignorar os reflexos negativos do fumo:
a recuperação é mais prolongada e existe um maior índice de complicações.
Isto ocorre tanto pela diminuição de oxigenação dos tecidos a nível dos capilares, como também por uma arteriopatia degenarativa
que afeta os vasos arteriais, diminuindo a quantidade de sangue que circula nos tecidos. O fumo provoca inevitavelmente o envelhecimento precoce da pele, pela diminuição da vascularização, irrigação da pele.

A fumaça do cigarro é formada por pequenas partículas em suspensão, derivada da carbonização do fumo. Estima-se que existam cerca de 4000 elementos que são expelidos em cada tragada de cigarro. Dentre eles, alguns cancerígenos. Parte daquelas substâncias aspiradas com a fumaça forma grande quantidade de radicais livres, os quais atacam as células, levando a mutações do DNA. A pele acaba sendo afetada por este “bombardeio”.

A pele corresponde a 40% do peso corpóreo, e conseqüentemente, qualquer alteração que ocorra com o organismo, afeta-a diretamente. Quando os pulmões respiram mal, diminui também a taxa de oxigenação da pele. Com isto, todas as funções metabólicas ficam alteradas, desencadeando o seu envelhecimento precoce. “Em uma experiência realizada na Inglaterra, registrou-se que as pessoas que fumavam mais de um maço de cigarros, há muitos anos, aparentavam ter cerca de 10 anos a mais”, ilustra o cirurgião plástico Dr. Marco Cassol, dirigente da Clínica de Cirurgia Plástica Dr. Marco Cassol.

“Em cirurgia plástica não há como ignorar os reflexos negativos do fumo:

a recuperação é mais prolongada e existe um maior índice de complicações.

Isto ocorre tanto pela diminuição de oxigenação dos tecidos a nível dos capilares, como também por uma arteriopatia degenarativa

que afeta os vasos arteriais,

diminuindo a quantidade de sangue que circula nos tecidos.

Em resumo, o cigarro não favorece em nada quem fuma,

pois este vício desencadeia males que vão corroendo lentamente

a saúde física, além de provocar inevitavelmente o envelhecimento precoce da pele”.

Autor: Marco Cassol

Plástica e Estética Facial e Corporal. Trabalho com a mente como um cientista e com o coração como um artista. Sou um psiquiatra do bisturi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *