Prótese de Glúteo

Prótese de Glúteo

Em casos em que o “bumbum” apresenta formato inexpressivo, pouco volumoso ou achatado com pequena queda. Pacientes magras que não possuem gordura localizada para ser retirada, tratada e colocada como enxerto na região glútea também podem se beneficiar da prótese glútea. A escolha do formato e do volume das próteses mais adequadas para cada caso depende do exame clinico (avaliação do médico). As limitações e a correta indicação da prótese vão ser discutidas e definidas pelo médico junto ao paciente.

TIPO DE ANESTESIA

Geralmente a anestesia é peridural com sedação.

TEMPO DE INTERNAÇÃO

Geralmente 12 horas.

COMPLICAÇÕES

A complicação mais freqüente é a formação de seroma.

A permanência do dreno no pós operatorio é muito importante para evitar este acúmulo de líquido.

Pode haver certa dormência e endurecimento da região glútea que desaparece gradativamente.

Havendo aparecimento de rubor (vermelhidão), calor na pele tratada ou febre comunicar-se com o médico imediatamente.

RESULTADO DEFINITIVO

Aproximadamente 3 meses.

APÓS A CIRURGIA:

Manter repouso relativo por três dias. Evitar sentar.

Usar modelador por trinta dias.

Nos primeiros dez dias evitar subir escadas, erguer os braços e sentar sobre a prótese.

A retirada do dreno ocorre no final da primeira ou segunda semana. Após a retirada do dreno, os curativos do dreno e da cicatrizpodem ser trocados diariamente.

Nas primeiras 4 semanas deitar de bruços.

Tomar banho sem retirar o micropore.

Não fumar nas primeiras semanas.

Não dirigir automóvel por três semanas.

Não se expor ao sol ou ao calor excessivo por quatro semanas.

Não praticar esportes ou exercícios físicos por seis semanas.

Depilação com cera três semanas depois.