Cirurgia plástica: conheça os cuidados para uma boa cicatrização

As opções mais procuradas nessa época são: botox e preenchimento, abdominoplastia, lipoaspiração e as cirurgias das mamas

Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) indica que os meses de dezembro, janeiro e fevereiro são os mais procurados para realizar procedimentos estéticos, com um aumento percentual na casa dos 50%. As opções mais procuradas nessa época são: botox e preenchimento, abdominoplastia, lipoaspiração e as cirurgias das mamas.

O médico e cirurgião plástico Dr. Marco Cassol alerta quanto aos perigos da exposição solar no período pós-cirúrgico: “Pacientes recém operados devem ter cuidado redobrado. Tomar sol após a cirurgia, além de dificultar a cicatrização, pode causar manchas na pele”, adverte.

Outra recomendação do especialista é evitar as bebidas alcoólicas, além da adoção de uma alimentação menos inflamatória. “No carnaval costuma-se abusar no consumo do álcool, substância que além de intoxicar o organismo, gera desidratação”, pontua o cirurgião que indica substituir o álcool por sucos naturais, água de coco ou bebidas que estimulam a produção de urina e hidratam o organismo, como melancia.

Na hora da folia é comum as pessoas descuidarem da alimentação e, principalmente, das medicações indicadas pelo cirurgião. “Pular etapas do tratamento implica em má cicatrização e o resultado pode ser insatisfatório. O excesso de derivados de açúcar e farinhas refinadas é muito inflamatório”, conclui Cassol.

Posso ir para folia após o procedimento estético?

Segundo Dr. Cassol o recomendado é programar o tratamento com no mínimo quinze dias de antecedência. “Tudo cuidado deve ser tomado com as cirurgias mais delicadas, como a prótese de silicone. O ideal é que a paciente siga as recomendações de repouso indicadas pelo médico e evite atividades extenuantes e os exageros, como pular e dançar, colocando em risco a recuperação”, acrescenta.

https://www.noticiasaominuto.com.br/lifestyle/350671/cirurgia-plastica-conheca-os-cuidadospara-uma-boa-cicatrizacao